A política como (mais um) critério para o estabelecimento de experiências afetivos-sexuais mediadas pelo aplicativo Tinder

Politics as (one more) criterion for the establishment of affective-sexual experiences mediated by the Tinder application

Autores

  • Aristides Ariel Bernardo

DOI:

https://doi.org/10.46269/9220.604

Palavras-chave:

Redes sociais digitais, Tinder, Polarização política., Afetividade., Experiências afetivo-sexuais mediadas.

Resumo

Este trabalho tem como objetivo apresentar os resultados iniciais de uma pesquisa, ainda em andamento. Para tal, realizamos a coleta e mapeamento de perfis habituais de usuário(a)s do aplicativo Tinder em João Pessoa, dos quais 381 usuário(a)s observado(a)s apresentaram alguma mensagem, frase, slogan, crítica ou apoio, tanto a figuras políticas em voga no cenário sócio-político brasileiro dos últimos anos, quanto interesse ou recusa por outro(a)s usuário(a)s pró ou contra esses mesmos posicionamentos ideológicos dos quais partilham. Nesse sentido, elaboramos a hipótese de que os espaços dos afetos e os discursos afetivos deste(a)s usuário(a)s estão intimamente ligados com o contexto político-ideológico polarizado de direita versus esquerda no Brasil.

Referências

ALONSO, Ângela Maria. A política nas ruas: protestos em São Paulo de Dilma a Temer. Novos Estudos: CEBRAP, São Paulo, ed. Especial, p. 49-58, jun. 2017. Disponível em: http://novosestudos.uol.com.br/wp-content/uploads/2018/07/Angela-Alonso_A-pol%C3%ADtica-das-ruas.pdf. Acessado em: 19/04/2020.

ARAUJO, Beatriz Pozzobon. Redes sociais na Internet e novas formas de sociabilidade: um estudo do Facebook. In: XIII CONGRESSO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO NA REGIÃO SUL, 2012, Chapecó-SC. Anais eletrônicos do XIII Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul. São Paulo: Intercom, 2012. Disponível em: http://www.intercom.org.br/papers/regionais/sul2012/lista_area_IJ05.htm. Acessado em: 11/02/2018.

BELELI, Iara. Reconfigurações da Intimidade. Estudos Feministas, Florianópolis, v. 25, n. 1, p. 337-346, jan.-abr. 2017. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1806-9584.2017v25n1p337. Acessado em: 30/09/2020.

CARRILHO, Kleber. Vem pra rua, que o gigante acordou: slogans e marcas nas manifestações de junho de 2013. In: ALAIC - XII Congresso Latinoamericano de Investigadores de la Comunicación, 2014, Lima-Perú. Anais do ALAIC 2014 Perú, GT13: Comunicação Publicitária, Lima-Perú: PUCP, 2014, p. 1-14. Disponível em: http://congreso.pucp.edu.pe/alaic2014/wp-content/uploads/2013/09/GT13-Kleber-Carrilho.pdf. Acessado em: 02/04/2020.

CAVALCANTI, Hellen Taynan da Silva. Deu Match! As trocas nos relacionamentos virtuais e a objetificação do sujeito no Tinder. 2017. 187 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2017.

CAVALCANTE DOS SANTOS, Sheila. Curtir ou Não Curtir: Experimentações a partir do Tinder. 2018. 178 f. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2018.

CESARINO, Letícia. Como vencer uma eleição sem sair de casa: a ascensão do populismo digital no Brasil. Revista Internet e Sociedade, São Paulo, v. 1, n. 1, p. 91-120, fev. 2020. Disponível em: https://revista.internetlab.org.br/serifcomo-vencer-uma-eleicao-sem-sair-de-casa-serif-a-ascensao-do-populismo-digital-no-brasil/. Acessado em: 28/04/2020.

DIAS, Fernando Nogueira. O medo enquanto emoção social: contributos para uma sociologia das emoções. Fórum Sociológico, n.15/16, p.295-313, 2006.

ELIAS, NORBERT. O Processo Civilizador. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1993.

FIRMINO, Gustavo Cassanta. Conservadorismo liberal e classes médias: uma análise do “Vem Pra Rua” e do “Movimento Brasil Livre”. In: X Seminário do Trabalho: trabalho, crise e políticas sociais na América Latina, 2016, Marília-SP. Anais eletrônicos do X Seminário do Trabalho: trabalho, crise e políticas sociais na América Latina. Marília-SP: UNESP, 2016. p. 1-17. Disponível em: http://www.estudosdotrabalho.org/x_sem2016/artigos/9A-05.pdf. Acessado em: 02/04/2020.

GERMANO, Marcelo Gomes. Somente um protesto. In: SOUSA, Cidoval Morais de; SOUZA, Arão de Azevedo (orgs). Jornadas de Junho: Repercussões e Leituras [Livro eletrônico]. Campina Grande: EDUEPB, 2013. p. 92-97. Disponível em: http://eduepb.uepb.edu.br/download/jornadas-de-junho-repercussoes-e-leituras/. Acessado em: 03/04/2020.

LANKSHEAR, Colin; LEANDER, Kevin; KNOBEL, Michele. Pesquisa de práticas na Internet. In: SOMEKH, Bridget; LEWIN, Cathy (orgs). Teoria e método de pesquisa social. Petrópolis, RJ: Vozes, 2015. p. 202-211.

LEITÃO, Rui. O gigante quis apenas dar um susto?. In: SOUSA, Cidoval Morais de; SOUZA, Arão de Azevedo (orgs). Jornadas de Junho: Repercussões e Leituras [Livro eletrônico]. Campina Grande: EDUEPB, 2013. p. 50-52. Disponível em:

http://eduepb.uepb.edu.br/download/jornadas-de-junho-repercussoes-e-leituras/. Acessado em: 03/04/2020.

MELO, Lafayette Batista. Quando o gigante acorda, vai pra rua e sai do Facebook: frases em movimento. Cadernos de estudos linguísticos, Campinas, v. 56, n. 2, p. 311-330, jun.-dez. 2014. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cel/article/view/8641481/8998. Acessado em: 06/04/2020.

MISKOLCI, Richard. San Francisco e a nova economia do desejo. Lua Nova, São Paulo, n. 91, p. 269-295, 2014. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/ln/n91/n91a10.pdf. Acessado em: 30/09/2020.

_____. Sociologia Digital: Notas sobre pesquisa na era da conectividade. Contemporânea, Salvador, v. 6, n. 2 p. 275-297 jul.-dez. 2016. Disponível em: http://doi.editoracubo.com.br/10.4322/2316-1329.014. Acessado em: 30/09/2020.

MOREIRA, Orlandil de Lima; SANTIAGO, Idalina Maria Freitas Lima. Vem pra rua: os protestos de junho. In: SOUSA, Cidoval Morais de; SOUZA, Arão de Azevedo (orgs). Jornadas de Junho: Repercussões e Leituras [Livro eletrônico]. Campina Grande: EDUEPB, 2013. p. 13-21. Disponível em:

http://eduepb.uepb.edu.br/download/jornadas-de-junho-repercussoes-e-leituras/. Acessado em: 03/04/2020.

NEMER, David. The three types of WhatsApp users getting Brazil's Jair Bolsonaro elected. The Guardian, 25 out 2018. Disponível em: https://www.theguardian.com/world/2018/oct/25/brazil-president-jair-bolsonaro-whatsapp-fake-news. Acessado em: 28/04/2020.

OLIVEIRA, Joana. Um milhão de mulheres contra Bolsonaro: a rejeição toma forma nas redes. El País, São Paulo, 12 set. 2018. Disponível em: https://brasil.elpais.com/brasil/2018/09/12/actualidad/1536768048_321164.html. Acessado em: 14/05/2020.

PAULINO, Simone Campos; PAULINO, Silvia Campos. #EeNão: reflexões sobre ciberativismo feminista no Brasil nas eleições presidenciais de 2018. Revista Acadêmica Magistro, Rio de Janeiro, v. 1, n. 19, 2019. Disponível em: http://publicacoes.unigranrio.edu.br/index.php/magistro/article/view/5528/2976. Acessado em: 07/09/2020.

PENTEADO, Claudio Luis de Camargo; LERNER, Celina. A direita na rede: Mobilização online no impeachment de Dilma Rousseff. Debate, Belo Horizonte, v. 10, n. 1, p. 12-24, abr., 2018. Disponível em: http://bibliotecadigital.tse.jus.br/xmlui/handle/bdtse/4823. Acessado em: 12/04/2020.

REZENDE, Claudia Barcellos. Os significados da amizade: duas visões de pessoa e sociedade. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2002.

REZENDE, Claudia Barcellos; COELHO, Maria Cláudia. Antropologia das emoções. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2010.

RIZZOTO; et. al. #EleNão - conversação política em rede e trama discursiva do movimento contra Bolsonaro no Twitter. In: XXVIII Encontro Anual da Compós, Universidade Católica do Rio Grande do Sul, 2019, Porto Alegre. Anais da Compós - Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação, 2019. p. 1-25. Disponível em: http://www.compos.org.br/biblioteca/trabalhos_arquivo_DTSRR9FX2SJOGQI9BFV5_28_7209_24_01_2019_08_01_36.pdf. Acessado em: 07/09/2020.

ROCHA, Camila. “Imposto é Roubo!”: A formação de um contrapúblico ultraliberal e os protestos pró-impeachment de Dilma Rousseff. DADOS, Rio de Janeiro, v. 62, n. 3, p. 1-42, 2019. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/dados/v62n3/0011-5258-dados-62-3-e20190076.pdf. Disponível em: 12/04/2020.

ROSSI, Amanda; et. al. #EleNão: A manifestação histórica liderada por mulheres no Brasil vista por quatro ângulos. BBC News Brasil, 30 set. 2018. Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/brasil-45700013. Acessado em: 14/05/2020.

SCHWENGBER, Maria Simone Vione; PINHEIRO, Naira Leticia Giongo Mendes. Movimento #EleNão: reconhecimento e afirmação do ato de fala das mulheres na política. Revista do centro de educação da UFSM, Santa Maria, v. 45, 2020. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/reveducacao/article/view/36458/pdf. Acessado em: 07/09/2020.

SILVA JÚNIOR, Nelson Aleixo da. Junho 2013: a juventude nas ruas pra balançar as estruturas. In: SOUSA, Cidoval Morais de; SOUZA, Arão de Azevedo (orgs). Jornadas de Junho: Repercussões e Leituras [Livro eletrônico]. Campina Grande: EDUEPB, 2013. p. 98-106.

Disponível em: http://eduepb.uepb.edu.br/download/jornadas-de-junho-repercussoes-e-leituras/. Acessado em: 03/04/2020.

SINGER, André. Brasil, junho de 2013. Classes e ideologias cruzadas. Novos Estudos, CEBRAP, São Paulo, n. 97, p. 23-40, nov. 2013.

SOUZA, Carlos Alberto de; MORALES, Ofélia Elisa Torres. A cobertura do “Vem Pra Rua” pelas revistas nacionais em 2013: uma análise das capas. Revista de estudos da Comunicação, Curitiba, v. 17, n. 42, p. 23-41, jan.-abr., 2016. Disponível em:

https://www.researchgate.net/publication/324625491_A_cobertura_do_Vem_Pra_Rua_pelas_revistas_nacionais_em_2013_uma_analise_das_capas/fulltext/5ad97bd10f7e9b28593cad6b/A-cobertura-do-Vem-Pra-Rua-pelas-revistas-nacionais-em-2013-uma-analise-das-capas.pdf. Acessado em: 02/04/2020.

THEIS, Ivo Marcos. A primavera brasileira: em pleno outono?. In: SOUSA, Cidoval Morais de; SOUZA, Arão de Azevedo (orgs). Jornadas de Junho: Repercussões e Leituras [Livro eletrônico]. Campina Grande: EDUEPB, 2013. p. 54-61. Disponível em: http://eduepb.uepb.edu.br/download/jornadas-de-junho-repercussoes-e-leituras/. Acessado em: 03/04/2020.

WAINBERG, Jacques Alkalai; MÜLLER, Angelo Arlindo Carnieletto. Eleições 2.0: Ódio nas redes durante a campanha presidencial de 2014. Conexão - Comunicação e Cultura, v. 16, n. 31, p. 43-71, 2017. Disponível em:

http://www.ucs.br/etc/revistas/index.php/conexao/article/view/4636/3030. Acessado

em: 12/04/2020.

Publicado

2021-09-09