Sobre a Revista

Foco e Escopo

Áskesis é uma publicação online de acesso livre (Open Access Politic) e tem por missão a divulgação e a reflexão sobre temáticas que lidam com a sociologia e afins.

A revista consiste em uma produção semestral dedicada a discutir e divulgar trabalhos acadêmicos, fomentando a prática do exercício crítico de pesquisadorxs, bem como o diálogo entre as linhas de pesquisa do programa e as temáticas da Sociologia Contemporânea e áreas afins.

Pretendemos ser um espaço de publicação de artigos, ensaios, resenhas, traduções, entrevistas e relatos de pesquisas. Também divulgamos a cada edição os resumos das dissertações e teses defendidas no Programas de Pós-Graduação em Sociologia da UFSCar. A revista trabalha com fluxo contínuo de submissão.

Processo de Avaliação pelos Pares

Apreciação pelo Conselho Editorial: Os trabalhos enviados serão apreciados pelo Conselho Editorial, que poderá fazer uso de consultores ad hoc, a seu critério. Os autores serão notificados da aceitação ou recusa de seus artigos. Os originais, mesmo quando não aproveitados, não serão devolvidos. A identidade dos autores e suas afiliações institucionais não serão informadas aos consultores ad hoc. Pequenas modificações no texto poderão ser feitas pela Comissão Editorial ou pelo Conselho Editorial. Quando este julgar necessárias modificações substanciais, o autor será notificado e encarregado de fazê-las, devolvendo o trabalho reformulado no prazo máximo de um mês.

Periodicidade

Áskesis é um periódico semestral coordenado pelos discentes do Programa de Pós-graduação em Sociologia da UFSCar. Divulga: a) relatos de pesquisas, investigações baseadas em dados empíricos, utilizando metodologia científica; b) estudos teóricos, análises de construtos teóricos levando ao questionamento de referenciais teóricos existentes; c) revisões críticas de literatura relativas à sociologia; d) entrevistas com cientistas e profissionais da área; e) resenhas.

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

Conselho Científico

Afrânio Garcia Júnior (L’École des Hautes Etudes en Sciences Sociales/Centre de Recherche sur le Brésil Contemporain/Centre de Sociologie Européenne – Paris)

Alice Anabuki Plancherel (Universidade Federal de Alagoas – Brasil)

Anibal Quijano (Binghamton University – Nova York)

Aristoteles Barcelos Neto (University of East Anglia – Reino Unido)

Berenice Bento (Universidade Federal do Rio Grande do Norte – Brasil)

Bernard Lahire (École Normale Supérieure Lettres et Sciences Humaines – Lyon)

Daniel Cefaï (L’École des Hautes Etudes en Sciences Sociales/Centre D’etude des Mouvements Sociaux – Paris)

Ethel Volfzon Kosminsky (Queens College/CUNY – USA)

Gisele Rocha Cortes (Universidade Federal da Paraíba – Brasil)

Jacob Carlos Lima (Universidade Federal de São Carlos – Brasil)

John Comerford (Universidade Federal do Rio de Janeiro/Museu Nacional – Brasil)

José Lindomar Coelho Albuquerque (Universidade Federal de São Paulo – Brasil)

Jose Maria Valcuende del Rio (Universidad Pablo de Olavide de Sevilla/Espanha)

Lucas Cid Gigante (Universidade Federal de Alfenas)

Lucila Scavone (Universidade Estadual Paulista – Brasil)

Lucio Oliver (Facultad de Ciencias Políticas y Sociales – UNAM México)

Luiz Antonio Machado da Silva (Universidade Estadual do Rio de Janeiro/Universidade Federal do Rio de Janeiro – Brasil)

Márcia Ochoa (University of Califórnia – Santa Cruz)

Maria da Gloria Bonelli (Universidade Federal de São Carlos – Brasil)

Michel Misse (Universidade Federal do Rio de Janeiro – Brasil)

Miriam Adelman (Universidade Federal do Paraná – Brasil)

Miriam Cristina Marcillio Ribeiro (Universidade Federal da Bahia – Brasil)

Odaci Luiz Coradini (Universidade Federal do Rio Grande do Sul – Brasil)

Paulo Sergio Peres (Universidade Federal do Rio Grande do Sul – Brasil)

Paulo Tavares (Goldsmiths College – Londres)

Simone Bateman (Centre National de la Recherche Scientifique/CNRS – França)

Ricardo Mayer (Universidade Federal de Santa Maria – Brasil)

Sílvia Portugal (Universidade de Coimbra)

Vera Telles (Universidade de São Paulo – Brasil)

Veronica Gimenez Béliveau (Universidad de Buenos Aires/Argentina)

 

Qualis (ISSN: 2238-3069)

Sociologia - B4

Antropologia/Arqueologia - B4

Ciência Política e Relações Internacionais - B5

Direito - B5

Educação - B2

Psicologia - B4

Saúde Coletiva - B4

 

Indexadores, Portais e Bases de dados

Portal de Periódicos CAPES/MEC (Ministério da Educação - Brasil)

Sumarios.org (Sumários de Revistas Brasileiras, Fundação de Pesquisas Científicas de Ribeirão Preto-SP, FUNPEC-RP)

Free electronic publishing platform for magazines, catalogs, newspapers and more

Latindex - Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal.

Seção de Acesso às Bases de Dados (SeABD/BCo) da UFSCar

Scientific Indexing Services (SIS)

Diadorim - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras

Sponsors

Agradecemos ao apoio da Pró-Reitoria de Pós-Graduação da Universidade Federal de São Carlos (ProPG-UFSCar).

Pró-Reitoria de Pós-Graduação da Universidade Federal de São Carlos (ProPG-UFSCar)

Fontes de Apoio

Agradecemos ao Programa de Pós Graduação em Sociologia da Universidade Federal de São Carlos pelo apoio institucional e a todos os Grupos e Núcleos de Pesquisa pela parceria e colaboração.

Histórico do periódico

Áskesis – Revista dos Discentes do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFSCar foi criada no ano de 2012 a partir de uma iniciativa de discentes com o apoio do corpo docente do PPGS-UFSCar.

A iniciativa de produzir a Áskesis é resultado de um esforço coletivo para a consolidação de uma cultura acadêmica para além das atividades de salas de aula e dos laboratórios de pesquisa, realizando-se na divulgação e discussão da produção dos estudantes, como forma de legitimar-se e de atestar sua qualidade. A revista tem a função de fortalecer esse “habitus”, expor e debater os resultados de pesquisa, mostrar o que esta sendo realizado no Programa, abrir o veículo para estudantes e pesquisadores da área de Sociologia para participarem desse esforço, enfim, devolver à sociedade o que ela investe na universidade pública.

O termo "áskesis" representa a não submissão, a não sujeição, e o exercício de si mesmo como técnica em se atingir o conhecimento. É o que se encontra em nossa proposta, é o que esperamos a cada número e é com o que contamos em nosso projeto.