Reflexões à distância

Autores

  • Maria Teresa Ruas Coelho

DOI:

https://doi.org/10.46269/9ee20.519

Palavras-chave:

coronavírus; pandemia; fazer sociológico; desigualdades

Resumo

O ano de 2020 iniciou imerso em uma tragédia coletiva ainda em curso: a pandemia pelo novo coronavírus. Quais as influências da pandemia e do isolamento social sobre as ciências sociais e qual o papel da área neste contexto? São estas as perguntas que orientam as discussões desenvolvidas neste ensaio, que estão divididas em três momentos. Primeiro, reafirmo e discorro sobre a importante contribuição das ciências sociais para a compreensão e o enfrentamento dos efeitos da pandemia com base em seu conhecimento já sedimentado. Segundo, enfrento alguns desafios imediatamente impostos ao fazer sociológico e antropológico pelo isolamento social e a tragédia que vivenciamos. Terceiro, aponto para algumas tarefas futuras herdadas pela área.

Referências

FARIA, Louise Scoz Pasteur. Doingresearchin a Pandemic: Sharedexperiencesfromthefieldwork. Halo Ethnographic Bureau, 06/05/2020. Disponível em: <https://medium.com/halobureau/doing-research-in-a-pandemic-shared-experiences-from-the-fieldwork-fa1a00fc86fc>.Acesso em: 10/06/2020.

MBEMBE, Achille. Necropolítica. São Paulo: n-1 edições, 2018.

MILLER, Daniel; SLATER, Don. Etnografia on e off-line: cibercafés em Trinidad. Porto Alegre: Horizontes antropológicos, v. 10, n. 21, p. 41-65, Junho 2004.

MORRISON A. (Ed.) ResesarchingICTs in Context. Oslo:Universityof Oslo, 2002.

PARREIRAS, Carolina. Altporn, corpos, categorias, espaços e redes: um estudo etnográfico sobre pornografia online. 2015. 247 p.. Tese (Doutorado) - Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Unicamp, Campinas, 2015.

PROFISSIONAIS de saúde denunciam a infodemia nas redes sociais. Avaaz. Disponível em: <https://secure.avaaz.org/campaign/po/health_disinfo_letter/>. Acesso em: 30/05/2020.

SEGATA, Jean; RIFIOTIS, Theophilos (Orgs). Políticas etnográficas no campo da cibercultura. Brasília: ABA Publicações; Joinville: Editora Letradágua, 2016.

Publicado

2020-12-17

Edição

Seção

Edição Especial (in)cômodos