De perto e de dentro: a atividade docente na periferia em tempos de pandemia.

Autores

  • Marcelo Ribeiro Sales

DOI:

https://doi.org/10.46269/9220.505

Palavras-chave:

Educação básica. Atividade docente. Coronavírus. Desigualdade social. Aulas remotas.

Resumo

O presente artigo traz a minha experiência e observação na atividade docente nesses tempos de pandemia. Sou professor da rede estadual do Rio de Janeiro e aqui relatarei a realidade que vivencio, pois ela reflete em algum grau as condições de ensino público pelas periferias do país. Com as restrições impostas pela gravidade da pandemia,as redes de ensino tiveram que se adaptar e adotar estratégias para cumprir a carga horária do ano letivo, adotando aulas “online”. Sendo a educação um direito a todos, as aulas remotas excluem do processo os alunos que não tem acesso à internet.Além disso, muitos obstáculos foram encontrados para a realização das aulas, pois diversos fatos como desigualdade social e falta de capacitação dos docentes com a nova tecnologia estão entre os problemas dessa nova realidade, ou, “novo normal”. A pandemia desnudou problemas que já existiam e eram desprezadas por grande parte da sociedade e também dos órgãos responsáveis pela educação. Dessa forma pretendo abordar essa dramática realidade da educação pública no Brasil numa região de periferia do Rio de Janeiro.

Referências

ALERJ APROVA E SERVIDORES DO RIO PAGARÃO MAIS POR PREVIDÊNCIA: PROTESTO TEM CONFLITOS. Portal Uol. Disponível em: https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2017/05/24/alerj-aprova-e-servidores-do-rio-pagarao-mais-por-previdencia-protesto-tem-conflito.htm. Acesso em 13 jun. 2020.

CLIFFORD, James. A experiência etnográfica. Rio de Janeiro: Ed. UFRJ, 1998.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia. Saberes necessário à prática educativa. São Paulo. Ed. Paz e Terra, 1996.

MAGNANI, José Guilherme Cantor. De perto e de dentro: notas para uma etnografia urbana. Revista Brasileira de Ciências Sociais, São Paulo, v. 17, n. 49, p. 11-29, 2002.

MALINOWSKI, Bronisław. Argonautas do pacífico ocidental. São Paulo. Editora Ubu, 2018.

MONTEIRO, Daniele. A ONU declara o acesso à Internet como direito Universal. Tech Tudo, São Paulo, 10 jun. 2020. Disponível em: http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2011/06/onu-declara-o-acessointernet-como-direito-universal.html. Acesso em: 11 jun. 2020.

MUÑOZ,R. A experiência internacional com os impactos da COVID-19 na educação. Disponível em: https://nacoesunidas.org/artigo-a-experiencia-internacional-com-os-impactos-da-covid-19-na-educacao/ . Acesso 12 jun. 2020

OLIVEIRA. E. Portal G1. Estados adotam plataformas online e aulas na TV aberta para levar conteúdo a estudantes em meio à pandemia de coronavírus. Disponível em: https://g1.globo.com/educacao/noticia/2020/04/09/estados-adotam-plataformas-online-e-aulas-na-tv-aberta-para-levar-conteudo-a-estudantes-em-meio-a-pandemia-de-coronavirus.ghtml. Acesso em 10 jun. 2020.

OLIVEIRA. J.El país. Em meio à rotina de aulas remotas, professores relatam ansiedade e sobrecarga de trabalho. Disponível em: https://brasil.elpais.com/brasil/2020-05-21/em-meio-a-rotina-de-aulas-remotas-professores-relatam-ansiedade-sobrecarga-de-trabalho.html. Acesso em 13 jun. 2020.

POR QUE BRASIL É O SÉTIMO PAÍS MAIS DESIGUAL DO MUNDO. Portal Uol. Disponível em https://www.uol.com.br/ecoa/ultimas-noticias/2020/02/20/por-que-brasil-e-o-setimo-pais-mais-desigual-do-mundo.htm. Acesso em: 13 jun. 2020.

TCE DO RIO APONTA DESPERDÍCIO DE R$ 93 MILHÃO NA EDUCAÇÃO. Jornal Extra. Rio de Janeiro. 17/05/2015. Disponível em https://extra.globo.com/noticias/rio/tce-do-rio-aponta-desperdicio-de-93-milhao-na-educacao-16178992.html Acesso em: 11 jun. 2020

TENENTE, L. Portal G1. Sem internet, merenda e lugar para estudar: veja obstáculos do ensino à distância na rede pública durante a pandemia de Covid-19. Rio de Janeiro 05/05/2020. Disponível em <https://g1.globo.com/educacao/noticia/2020/05/05/sem-internet-merenda-e-lugar-para-estudar-veja-obstaculos-do-ensino-a-distancia-na-rede-publica-durante-a-pandemia-de-covid-19.ghtml> Acesso em 10 mai. 2020.

TORRES, Livia. Portal G1.Alunos da rede estadual podem acessar plataforma on-line com conteúdo de aulas a partir desta segunda-feira. Disponível em:<https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2020/03/30/alunos-da-rede-estadual-podem-acessar-plataforma-on-line-com-conteudo-de-aulas-a-partir-desta-segunda-feira.ghtml> Acesso em 10 jun. 2020.

VELHO, Gilberto. Observando o familiar. A aventura sociológica. Rio de Janeiro: Zahar, p. 36-46, 1978.

Publicado

2021-09-09