Software Livre como língua menor da tecnologia: Uma reflexão pontual sobre acesso, diversidade e inclusão digital

Autores

  • Francisco Antunes Caminati

DOI:

https://doi.org/10.46269/1112.443

Resumo

Este ensaio tem sua origem em uma reflexão produzida para ser apresentada no colóquio “Technologies du Langage vers les sociétés du savoir”, realizado em setembro de 2005, na sede da UNESCO em Paris (França), organizado pela Embaixada do Brasil na França e pelo LABEURB/UNICAMP. Uma primeira versão, intitulada “Por uma ecologia do virtual”, foi apresentada no próprio colóquio. Uma segunda versão, intitulada “As línguas menores da tecnologia: Software livre, acesso e diversidade no mundo digital” foi produzida no ano seguinte (2006), para ser publicada, em inglês, junto com os outros textos apresentados no colóquio ou produzidos a partir da experiência de participação no evento. Esta publicação que deveria sistematizar os resultados do colóquio e continuar o seu debate não chegou a ser efetivamente publicada, fazendo com que esse texto permanecesse quase inédito até hoje.

Publicado

2020-05-03

Edição

Seção

Ensaio