Imigrantes: mais que braços para o café, a constituição dos homens de negócio no interior paulista

Autores

  • Eder Carlos Zuccolotto FCLAr/UNESP

DOI:

https://doi.org/10.46269/6217.272

Palavras-chave:

Homens de negócio, Imigrantes, Cafeicultores, Interior Paulista

Resumo

Este artigo procura analisar uma nova perspectiva sobre a participação dos imigrantesno interior paulista. Acaba sendo recorrente associar a figura do imigrante,que chegou ao Brasil, como aquela que simplesmente esteve atrelada as fazendasde café, principalmente a presente no interior paulista. No entanto, existem casosque demonstram que o imigrante foi muito mais do que uma simples mão de obrarural, ele também acabou se tornando um empreendedor, um agente diferenciado,ou, como preferimos classificá-lo, um “homem de negócios”. O surgimento e desenvolvimentodeste empreendedorismo somente são possíveis se concebermoso termo “homem de negócios”.

Biografia do Autor

Eder Carlos Zuccolotto, FCLAr/UNESP

Doutorando do PPCS da FCLAr

Referências

Almanache álbum de São Carlos - 1894, 1905, 1915, 1916/1917, 1927 e 1928.

BARBOSA, Aguinaldo de Sousa. Empresariado Fabril e Desenvolvimento Econômico.

São Paulo, Editora Hucitec. 2006.

BRANDÃO, I. de L.; TELAROLLI, R. Adio Bel Campanile – A Saga dos Lupos.

São Paulo, Global Editora. 1998.

CANO, W. Raízes da concentração industrial em São Paulo. 2ª edição, São

Paulo, T.A. Queiroz, 1981.

CARDOSO, Fernando Henrique. Mudanças sociais na América Latina. São

Paulo, Difel, 1969.

_________, Fernando Henrique. Empresário industrial e desenvolvimento econômico

no Brasil. São Paulo, Difusão européia do livro, 1972.

CORRÊA. A.M.M. História social de Araraquara 1817 a 1930. São Paulo, FFLCR,

Universidade de São Paulo. (Dissertação de Mestrado). 1967.

_______, A.M.M. Araraquara – 1720 – 1930: Um capítulo da história do café em

São Paulo. São Paulo, Cultura acadêmica. 2008.

DEAN, Warren. A industrialização de São Paulo, São Paulo, Difel, 1971.

______, Warren. Rio Claro: um sistema de grande lavoura 1820 – 1920. Trad.

de Waldívia Portinho. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1977.

FERNANDES, Florestan. A revolução burguesa no Brasil – ensaio de interpretação

sociologia. 5ª edição, 4ª reimpressão, São Paulo, Editora Globo, 2010.

HOLLOWAY, T.. Imigrantes para o café. São Paulo: Paz e Terra, 1984.

MARTINS, José de Souza. Conde Matarazzo: O empresário e a empresa. 2ª edição.

São Paulo: Hucitec, 1974.

_________, José de Souza. O cativeiro da terra. São Paulo: Ciências Humanas.

MELLO, João Manuel Cardoso de. O capitalismo tardio. São Paulo, Brasiliense,

SALLUM JUNIOR, Basílio. Capitalismo e cafeicultura – Oeste-Paulista: 1888 –1930. São Paulo, Livraria Duas Cidades. 1982.

TRUZZI, Oswaldo Mário Serra. Café e Indústria São Carlos: 1850 – 1950. São

Carlos: Editora da UFSCar, 2000.

Publicado

2018-03-02