O acesso à Justiça e os Núcleos de Práticas Jurídica: reflexões sobre o exercício de direitos, o caso da população de Diamantino-MT

Autores

  • Éverton Neves Santos Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Sociologia-UFSCar; Professor Assistente e Coordenador da Área de Ciências Jurídicas da Universidade do Estado de Mato Grosso. Contato: everton.neves@unemat.br

DOI:

https://doi.org/10.46269/5216.192

Palavras-chave:

Justiça, Acesso, Dificuldades, Núcleos de Prática Jurídica, Diamantino/MT.

Resumo

O objetivo do texto é propor uma reflexão acerca do Acesso à Justiça e a relação dos núcleos de prática jurídica com os exercícios de direitos, estudando o caso do núcleo da Universidade do Estado de Mato Grosso, campus de Diamantino-MT. A pesquisa baseia-se em dados quantitativos e qualitativos, sustentando-se em Cappelletti e Garth (1988), Oliveira (2012, 2013), Sadek (2014), entre outros. As considerações finais apontam que o Núcleo de Prática Jurídica- NPJ- de Diamantino-MT oportuniza acesso à justiça e exercícios de Direitos para parcela da população, todavia há muito que avançar sobre este direito humano, para que possa superar as dificuldades (as três “ondas”) por meio de políticas públicas adequadas.

 

Biografia do Autor

Éverton Neves Santos, Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Sociologia-UFSCar; Professor Assistente e Coordenador da Área de Ciências Jurídicas da Universidade do Estado de Mato Grosso. Contato: everton.neves@unemat.br

 

 

Referências

ALMEIDA, Roger Luiz Paz de; MAMED, Danielle de Ouro. O problema do acesso à justiça em áreas com deficiência de estrutura estatal/judiciária: o caso do estado do Amazonas e a busca por alternativas pelo neoconstitucionalismo. Revistas USP. Disponível em <http://www.publicadireito.com.br/artigos/?cod=3b847a075d855568> Acesso em 10 mai. 2016.

BRASIL 2014, Ministério da Justiça Secretaria de Reforma do Judiciário – SRJ/MJ. Atlas de acesso à justiça: indicadores nacionais de acesso à justiça.

Disponível em http://www.acessoajustica.gov.br/pub/_downloads/caderno_inaj_2014.pdf Acesso em 28 mai. 2016.

CAPPELLETTI, Mauro. GARTH, Bryant. Acesso à justiça. Tradução e Revisão Ellen Gracie Northfleet. Porto Alegre: Sergio Antonio Fabris Editor, 1988.

ECONOMIDES, Kim. Lendo as ondas do “Movimento de Acesso à Justiça: epistemologia versus metodologia? In CIDADANIA, justiça e violência/ Organizadores Dulce Pandolfi...[et al]. Rio de Janeiro: Ed. Fundação Getúlio Vargas, 1999. 248p. Disponível em <http://cpdoc.fgv.br/producao_intelectual/arq/39.pdf > Acesso em 5 mai. 2016.

FRAGALE FILHO, Roberto; NORONHA, Rodolfo. Pesquisa empírica em direito no Brasil: o estado da arte a partir da plataforma Lattes e dos encontros do Conpedi. In: OLIVEIRA, F. L. (Org.) Justiça em foco: estudos empíricos. FGV Editora: Rio de Janeiro, 2012. P. 97-110.

Histórico da Unemat. Portal da Universidade do Estado de Mato Grosso. Disponível em <http://portal.unemat.br/?pg=universidade&conteudo=1> Acesso em 12 mai. 2016

OLIVEIRA, Fabiana Luci; SADEK, Maria Tereza Aina. Estudos, pesquisas e dados em Justiça. In: OLIVEIRA, F. L. (Org.) Justiça em foco: estudos empíricos. FGV Editora: Rio de Janeiro, 2012 P. 15-60.

OLIVEIRA, Fabiana Luci de; ABRAMOVAY, Pedro Vieira; NUÑEZ, Izabel Saenger. Segurança pública, direitos e justiça / Escola de Direito do Rio de Janeiro da Fundação Getulio Vargas. - Rio de Janeiro : Escola de Direito do Rio de Janeiro da Fundação Getulio Vargas, 2013. 144 p. : il.

OLIVEIRA, Maria Goreth Terças de. Acesso à justiça: a importância do núcleo de prática jurídica do Ciesa na cidade de Manaus no período de 2000 a 2004. 2005. 143 p. Dissertação de Mestrado. Centro de Ciências Jurídicas. Universidade Federal de Santa Catarina, 2005. Disponível em <https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/102055/232788.pdf?sequence=1&isAllowed=y> Acesso em 5 mai. 2016.

PANDOLFI, Dulce Chaves. Percepção dos direitos e participação social. In CIDADANIA, justiça e violência/ Organizadores Dulce Pandolfi...[et al]. Rio de Janeiro: Ed. Fundação Getúlio Vargas, 1999. 248p. Disponível em <http://cpdoc.fgv.br/producao_intelectual/arq/39.pdf > Acesso em 5 mai. 2016.

RIBEIRO, Leandro Molhano; OLIVEIRA, Fabiana Luci de. Livros sobre o sistema de Justiça no Brasil: um recorte de publicações resultantes de pesquisa empírica. In: OLIVEIRA, F. L. (Org.) Justiça em foco: estudos empíricos. P. 63-73. FGV Editora: Rio de Janeiro, 2012.

SÁ, Eduardo Bruno do Lago. Acesso à justiça e juizados especiais cíveis. 08 de julho de 2011. 70 p. Dissertação de Graduação. Departamento de Direito. Universidade de Brasília, Brasília, 2011. Disponível em <http://bdm.unb.br/bitstream/10483/1823/1/Monografia_Eduardo_Bruno_do_Lago_de_Sa.pdf> Acesso em 07 mai. 2016

SANTOS, Boaventura de S. Para uma revolução democrática da justiça. 2. Ed São Paulo: Cortez, 2008.

SADEK, Maria Tereza Aina. Acesso à justiça: um direito e seus obstáculos. Revista da USP. São Paulo. Nº 101, p. 55-66, março/abril/maio 2014.

Publicado

2017-02-07