A migracao internacional como dimensao de trabalho: O papel das remessas na America Latina

Autores

  • Julio D'Angelo Davies King's College London

DOI:

https://doi.org/10.46269/5116.155

Palavras-chave:

Estudos Migratorios, Remessas Internacionais

Resumo

Resumo:

Neste artigo, são apresentados e discutidos  resultados recentes do volume internacional de remessas, com atenção especial para a América Latina e, mais particularmente, para o Brasil, país com o maior declínio de remessas recebidas entre 2014 e 2013. Em termos regionais, a América Latina ainda não recuperou o patamar de remessas pré-2008, ano de forte crise internacional. As remessas internacionais sozinhas são bem superiores ao volume total de investimento estrangeiro na região, evidenciando a importância das remessas para a sobrevivência de milhões de pessoas. Considerando os dados regionais e, tomando o caso do município de Governador Valadares (MG), este artigo propõe reflexões sobre os impactos positivos e negativos nos países receptores e questiona até que ponto tais remessas estimulam o desenvolvimento das economias locais e até que ponto estas economias poderiam crescer mais, caso outras estratégias fossem adotadas.

Biografia do Autor

Julio D'Angelo Davies, King's College London

Julio Davies graduou-se em Ciencias Sociais pela Universidade Federal Fluminense, onde atuou como bolsista de iniciacao cientifica da Antropologa Simoni Guedes. Recentemente conclui o Mestrado Brazil in Global Perspective, junto ao Instituto Brasil do King's College de Londres, Reino Unido. Sua pesquisa de conclusao do curso investigou a presenca de brasileiros em estatisticas oficiais de migracao no Reino Unido, bem como suas possiveis relacoes com aspectos mais politicos ligados a uestao migratoria.

Publicado

2016-05-11