As entrevistas semiestruturadas na pesquisa de campo: algumas considerações sobre o corte da cana-de-açúcar no noroeste paulista

Autores

  • Ana Carina Sabadin Bacharela em Ciências Sociais pela Universidade Federal de São Carlos – UFSCar.

DOI:

https://doi.org/10.46269/3214.144

Palavras-chave:

Entrevista Semi-estruturada, Metodologias Qualitativas, Trabalhadores Canavieiros

Resumo

A proposta deste texto é apresentar alguns trechos, reflexões e dificuldades acerca do trabalho de campo realizado em minha pesquisa de iniciação científica, focada na produção sucroalcooleira, mais precisamente no corte da cana-de-açúcar, marcado pela coexistência do trabalho manual e do mecanizado. O estudo foi situado no Noroeste Paulista, locus da expansão recente desta produção, no qual seria possível, sobretudo, contrastar as propostas de incentivo à “modernização” do setor com as práticas ainda utilizadas, reconhecidas pela degradação social do trabalho dos cortadores de cana. Buscou-se, com isso, primeiramente, elucidar as motivações econômicas que perpassam a escolha do tipo de produção a ser seguido no corte da cana-de-açúcar, para, colocar à prova a hipótese de que existem determinações políticas, sociais e culturais que também norteiam as estratégias do setor sucroalcooleiro e, por consequência, a coexistência desses dois tipos de corte. Esta pesquisa resultou em meu trabalho de conclusão de curso, intitulado de “Política e Sociedade: Estudo sobre as motivações não econômicas do corte da cana no Noroeste Paulista”, orientado pelo Prof. Dr. Rodrigo Constante Martins.

 

Referências

ANTUNES, Ricardo. Desenhando a morfologia do trabalho. In: PLANCHEREL, A. A.; BERTOLDO, E. (Org.). Trabalho e capitalismo contemporâneo. Maceió: Edufal, 2011. p.16-46.

FRASER, Márcia Tourinho Dantas; GONDIM, Sônia Maria Guedes. Da fala do outro ao texto negociado: discussões sobre a entrevista na pesquisa qualitativa. Paidéia, v.14 n.28, p. 139 -152, 2004.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. IGBE Cidades, 2010. Disponível em <http://cidades.ibge.gov.br/xtras/perfil.php?codmun=251230>

Acesso: 15 set. 2014.

MASSEY, Douglas. Economic development and international migration in comparative perspective. Population and Development Review, v. 14, n. 3, p. 383-413, set. 1988. Disponível em: <http://www.jstor.org/discover/10.2307/1972195?uid=3737664&uid=2129&uid=2&uid=70&uid=4&sid=2110 4847256647 > Acesso: 15 set. 2014.

SILVA, Maria Aparecida de Moraes. O trabalho oculto nos canaviais paulistas. Perspectivas, São Paulo, v. 39, p. 11- 46, jan./jun. 2011. Disponível em: <http://seer.fclar.unesp.br/perspectivas/article/view/4751>. Acesso: 15 set. 2014.

Publicado

2020-05-18