“Deixe o campo te levar”: sobre a importância da realização de etnografia para a construção de um objeto de pesquisa

Autores

  • Gabriel Moreira Monteiro Graduação em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista – Campus Marília e mestrando no Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade de São Paulo.

DOI:

https://doi.org/10.46269/3114.136

Resumo

No presente trabalho apresento, em linhas gerais, trechos da minha pesquisa de iniciação científica realizada junto a Estopim da Fiel – uma Torcida Organizada que apoia o Sport Club Corinthians Paulista, fundada e com sede no município de Diadema, componente da Região Metropolitana de São Paulo –, na qual busquei compreender quais são os valores simbólicos impressos na camisa oficial desta torcida que motivam torcedores do Corinthians a partilha- rem de momentos de sociabilidade nesta, a se associarem a esta e a comprarem a camisa da mesma. Desta pesquisa resultou o meu trabalho de conclusão de curso, apresentado sob a forma de monografia, intitulada: “vestir para se identificar, se identificar para vestir: a camisa oficial da Estopim da Fiel como elemento de construção e representação dos valores deste coletivo”. Busco, neste relato de pesquisa, demonstrar como a prática da pesquisa de campo fez-se essencial para construir o objeto e as questões norteadoras da pesquisa e, a posteriori, pensar o fenômeno proposto ao estudo.

Referências

BARBOSA, Lívia; CAMPBELL, Colin. O estudo do consumo nas ciências sociais contemporâne- as. In: Cultura, consumo e identidade. Rio de Janeiro: Ed. FGV, 2006.

DAMO, Arlei Sander. Do dom à Profissão: a formação de futebolistas no Brasil e na França. São Paulo: Aderaldo & Rithschild Ed., Anpocs, 2007.

DOUGLAS, Mary, ISHERWOOD, Baron. O mundo dos bens – para uma antropologia do consumo. Rio de janeiro, Editora UFRJ, 2004.

FRÚGOLI JR, Heitor. O urbano em questão na antropologia: interfaces com a sociologia. In, Re- vista de Antropologia, São Paulo, USP, 2005, V. 48 No 1.

LOVRETO, José Alberto; COSTA, Gualberto. A história do futebol no Brasil através do Cartum. Rio de Janeiro: Ed. Bom texto, 2004

MAGNANI, José G. C. Festa no pedaço: cultura popular e lazer na cidade. 3a ed. São Paulo, Hucitec/UNESP, 2003.

NEGREIROS, Plínio José Labriola de Campos. Resistência e Rendição - A Gênese do Sport Club Corinthians Paulista e o futebol oficial em São Paulo - 1910-1916, São Paulo: PUCSP, 1992, dissertação de mestrado.

PEIRANO, Mariza. A favor da etnografia. Rio de Janeiro, Ed. Relume-Dumara, 1995. TOLEDO, Luiz Henrique. Torcidas Organizadas de Futebol. Campinas: Ed. Autores Associados/Anpocs, 1996 (coleção educação física e esportes).

Publicado

2016-01-22